Governo de Goiás

Agência Goiana de Defesa Agropecuária

Procure o que você precisa:
Quinta, 19 de Outubro de 2017
Notícias
Décimo Primeiro Congresso Brasileiro de Algodão
06/09/2017 10h12 - Atualizado em 05/10/2017 11h13

Foi realizado entre os dias 29 de agosto e 01 de setembro o décimo primeiro Congresso Brasileiro do Algodão promovido pela Associação Brasileira dos Produtores de Algodão – ABRAPA. O evento foi realizado no Centro de Convenções Ruth Cardoso, na cidade de Maceió/AL, o qual contou com a presença de várias delegações estrangeiras, entre elas, Estados Unidos, de países da África e da América Latina. Pela AGRODEFESA estiveram presentes a gerente de sanidade vegetal Daniela Rézio e Silva e o presidente Arthur Alves de Toledo.

O evento contou com uma vasta programação de minicursos, mesas-redondas e plenárias com conteúdo ligado às principais questões e demandas do setor algodoeiro em todas suas frentes (qualidade, sustentabilidade e rentabilidade), apresentando temas como, A proteção de plantas e novos problemas dos sistemas de produção; A melhoria da eficiência e redução de custos no controle do bicudo; Os programas fitossanitários para estados e regiões; O aumento dos problemas fitossanitários.

Vários eventos abrilhantaram o congresso, inclusive os voltados para área técnica, econômica e política,nessa oportunidade, houve a divulgação do movimento “Sou de algodão” que visa incentivar o uso do algodão em toda cadeia têxtil e de moda, envolvendo e integrando todos os elos, desde o produtor e seus parceiros.

Goiás esteve presente com representação significativa, contando com a  participação de cotonicultores e representantes das entidades do setor, como AGOPA, Fundação Goiás e FIALGO. A participação da AGRODEFESA reforça a necessidade de estar a frente na obtenção do conhecimento e nos avanços da produção de algodão, não obstante, a eficácia da defesa sanitária vegetal. Importante ressaltar que embora o congresso tenha como tema principal a cultura do algodão, as discussões abrangeram todo o “Sistema de Produção Algodão-Milho-Soja”, medida que visa fortalecer as estratégias de defesa sanitária em conjunto com as boas práticas dos produtores para o sucesso da cotonicultura brasileira. ​

Av. Circular, nº 466, Qd 87, Lt. 2 - Setor Pedro Ludovico. Goiânia, GO. Cep: 74.823-020

© Copyright 2014. Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento