Agrodefesa Alerta sobre perigo de recebimento de pacotes de sementes do exterior não solicitadas

A Agência Goiana de Defesa Agropecuária – Agrodefesa e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA alertam os cidadãos brasileiros, principalmente produtores rurais, para que fiquem atentos, e não abram e não plantem as sementes não solicitadas que chegarem pelo correio do exterior às suas residências ou propriedades, sem o devido conhecimento.

As Gerências de Sanidade Vegetal – GESAV e Gerência de Fiscalização Vegetal - GEFISV orientam que estas sementes que não foram solicitadas sejam imediatamente direcionadas à Agrodefesa, para envio das mesmas ao Laboratório Federal de Defesa Agropecuária em Goiânia - LFDA/GO, para diagnóstico fitossanitário e identificação das espécies.

O risco dessas operações é a possibilidade da entrada de pragas ou doenças que não existem ou estão erradicadas no País, por meio da importação de vegetais não autorizados. Para evitar o risco fitossanitário e prejuízos econômicos, o MAPA atua no controle do trânsito internacional com equipe dedicada para fiscalizar e impedir a entrada de material sem importação autorizada no Brasil. Mas a própria sociedade pode colaborar, evitando abrir pacotes sem origem conhecida e levar o material até as Unidades Regionais e Locais da Agrodefesa, ou diretamente à Superintendência Federal de Agricultura – SFA/GO, localizada na Rua 82 n° 100,
Praça Cívica, no Centro da capital.

A Agrodefesa é o órgão do Governo Estadual responsável por desenvolver e executar programas fitossanitários com abrangência sobre as principais culturas comerciais de grãos e frutíferas. O objetivo é prevenir a introdução e disseminação de pragas e doenças em áreas agrícolas. Para isto fiscaliza o trânsito e comércio de produtos vegetais no Estado, bem como a venda ambulante de mudas sem procedência fitossanitária. Todas essas atividades estão alinhadas aos cuidados que o Ministério da Agricultura recomenda aos produtores rurais e as pessoas em geral para não receberem encomendas de mudas e sementes de origem desconhecida.

Consultem o site da Agrodefesa e comuniquem as suspeitas de irregularidades.

 

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.